Edital da Secult que daria R$ 2,5 mi a projetos tem poucos inscritos.

Edital da Secult que daria R$ 2,5 mi a projetos tem poucos inscritos

Texto previa premiar 1.315 propostas da’base da pirâmid’, mas apenas 722 se inscreveram. Pasta admite que exigências burocráticas e sistema de cadastramento difícil possam ter afastado interessados.

 

Lançado pelo governo de Minas apenas no começo de junho, quase três meses depois do cancelamento das atividades culturais presenciais no estado em razão da epidemia do novo coronavírus, o edital Arte Salva ainda encontra obstáculos para socorrer a classe artística mineira.
O documento prevê um aporte de R$ 2,5 milhões, oriundos do Fundo Estadual da Cultura (FEC), para viabilizar 1.315 projetos artísticos durante a pandemia. No entanto, apenas 722 inscrições foram registradas até o fim do prazo, postergado de 15 de junho para
22 de junho.
Segundo o superintendente de fomento cultural, economia criativa e gastronomia da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), o ator Maurício Canguçu, todos os projetos inscritos serão avaliados e o resultado sairá em até 20 dias úteis.
Cada projeto aprovado receberá R$ 1,9 mil para o desenvolvimento de um vídeo, de performances artísticas diversas, a ser exibido gratuitamente em ambientes digitais e nas emissoras de rádio e TV do estado, como a Rede Minas e a rádio Inconfidência. Questionada pela reportagem, a Secult afirmou, em nota, que sua expectativa era receber 600 inscrições (715 a menos do que o número de projeto contempláveis no edital).
Porém, em entrevista realizada nessa segunda-feira (29), Canguçu admitiu a possibilidade de reabrir o edital, diante da baixa adesão. “Podemos reabrir, com um modelo de inscrição mais facilitado. Ou essa verba não utilizada será transferida para outros editais”, disse.

GARGALO

Segundo ele, “o grande gargalo nosso pode ter sido nossa plataforma de cadastro (Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura). Foi algo que detectei assim que cheguei à Secult. Além disso, a legislação sobre o Fundo Estadual de Cultura engessa muitas coisas para a liberação da verba. Exige cadastro, plano de divulgação, de mídia, mesmo sendo emergencial. Isso só se muda na legislação”.

De acordo com o superintendente, a Secult se esforçou para auxiliar artistas no processo de cadastramento na plataforma e houve ações, junto às secretarias municipais, para tirar dúvidas. Ele afirma que há um trabalho para reformular a plataforma,  tornando-a mais acessível, mas que, ainda assim, permanecem os empecilhos com a legislação.
“Estamos correndo contra o tempo, mas o dinheiro do FEC só sai com edital. Não há outro jeito. Além das etapas de inscrição, ainda há a necessidade de apresentação da Certidão Negativa de Débitos para que o proponente aprovado possa receber o dinheiro. Como fazemos? Muitos artistas estão sofrendo e ainda precisam dessa comprovação de que não estão devendo”, explica.
Quanto à exigência da gravação de um vídeo, dentro de especificações técnica num edital direcionado ao que a Secult classifica como “a base da pirâmide”, critério que poderia ser um impeditivo para artistas sem equipamento ou conhecimento na área, é vista com naturalidade por Canguçu.
“Até agora, não descobrimos uma nova forma, que não seja vídeo gravado ou live. Os projetos não podem estimular encontros”, diz. O superintendente assumiu o cargo alguns dias antes do lançamento do Arte Salva, divulgado três semanas depois que Leônidas de Oliveira foi empossado na Secretaria de Cultura, em 13 de maio.
Na época, em entrevista ao Estado de Minas, o novo secretário afirmou que “a arte, assim como a medicina, salva. Salva a alma e, neste momento, precisamos todos dessa salvação”, destacando preocupação especial com “guias turísticos, artistas da cultura popular, circo e profissionais da ‘graxa’, ou seja, aqueles que montam palcos e fazem a coisa girar, do músico do bar, dos casamentos, do artista de rua”.
O Arte Salva vem promovendo campanhas solidárias para arrecadação e doação, via parcerias com o setor privado, de alimentos e recursos para artistas em situação de vulnerabilidade em todo o estado. Canguçu afirma que a Secult trabalha na elaboração de novos editais, a serem lançados em breve, mas ainda sem data definida. Um deles, em parceria com a Cemig, financiaria a realização de 500 apresentações ao vivo on-line, no valor de R$ 5 mil para cada projeto. Outro seria destinado aos espaços culturais.
Fonte: Jornal Estado de Minas.
https://www.em.com.br/app/noticia/cultura/2020/06/30/interna_cultura,1161138/edital-da-secult-que-daria-r-2-5-mi-a-projetos-tem-poucos-inscritos.shtml

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Esclarecemos que o município de Santana do Riacho, ao contrário do veiculado em site ou rádio, não possui casos confirmados de coronavírus.

Até o momento, nosso quadro epidemiológico se encontra da seguinte forma:
0 casos confirmados
43 casos notificados
14 descartados
2 pacientes monitorados
27 pacientes em alta do isolamento domiciliar
Estamos há 5 dias sem novas notificações

Tais dados também podem ser comprovados no Site do Governo do Estado de Minas Gerais.

http://coronavirus.saude.mg.gov.br/images/boletim/06-junho/25-06_Boletim_Epidemiologico_COVID-19.pdf

Em nosso município, a flexibilização e reabertura dos comércios tem sido feita de forma responsável e embasada em fatores epidemiológicos, situação dos leitos na macrorregião central e fatores locais e regionais. A interrupção, conforme decretada, visa evitar a sobrecarga de nossas regiões referência em saúde e monitorar o município.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO 19-05-2020

 

Boletim Epidemiológico COVID-19 | Santana do Riacho/MG | 19/05/2020

A Secretaria Municipal de Saúde e Comitê COVID-19 informam:

📝Notificações: Nesta data não houveram notificações.

💉Importante
A Campanha de reforço da vacina contra o Sarampo já começou!

Se você tem de 20 a 49 anos,procure o posto de saúde com seu cartão de vacina (mesmo que esteja completo ) e o cartão do sus para se vacinar.

❓❓Você Sabia
•🤔Dúvidas sobre testes do Covid 19?

Em anexo algumas perguntas e respostas que vão te auxiliar a esclarecer suas dúvidas sobre o funcionamento,quem pode fazer,testes rápidos e outros esclarecimentos.

• Se precisar sair de casa🏘️ , use máscara😷

Acompanhe os Boletins Epidemiológicos e demais informativos oficiais:

Instagram: https://instagram.com/prefeiturasantanadoriacho

Site da Prefeitura: http://santanadoriacho.mg.gov.br/

Grupo/lista de Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/CvnyXQ5IracHSqCPKV2WTT

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO 12/04/2020

Boletim Epidemiológico COVID-19 | Santana do Riacho/MG | 12/04/2020

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o município possui, até o momento, 13 casos suspeitos de infecção pelo coronavírus (um total de 17 casos reportados até o momento).

• Prorrogação do distanciamento social e suspensão dos comércios – Decreto 023/PMSR/2020: O Decreto prorroga o prazo de suspensão das atividades comerciais para o dia 27/04/2020 e também sobre o limite aceitável de pessoas em um mesmo ambiente, familiar ou comercial: 10 pessoas.

• Use máscaras: Recomendamos a utilização de máscaras a toda à população, preferencialmente as caseiras, fabricadas em tecido ou simulares. Desta forma, criaremos uma barreira que reduzirá a contaminação.

Acompanhe os Boletins Epidemiológicos e demais informativos oficiais:
Instagram: https://instagram.com/prefeiturasantanadoriacho
Site da Prefeitura: http://santanadoriacho.mg.gov.br/
Grupo/lista de Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/CvnyXQ5IracHSqCPKV2WTT

Comitê COVID-19 Santana do Riacho

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO 11-04-2020

Boletim Epidemiológico COVID-19 | Santana do Riacho/MG | 11/04/2020

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o município possui, até o momento, 13 casos suspeitos de infecção pelo coronavírus (um total de 17 casos reportados até o momento).

• Boletim detalhado: Hoje compartilhamos também documento anexo com detalhamento maior sobre o perfil dos casos suspeitos no município e informações regionais. Este boletim detalhado será divulgado semanalmente.

• Prorrogação do distanciamento social e suspensão dos comércios – Decreto 023/PMSR/2020: Divulgamos também novo decreto, publicado hoje, que trata sobre a prorrogação do prazo de suspensão das atividades para o dia: 27/04/2020.

• Controle de acesso atrativos: Informamos que a Prefeitura contratou pessoas para impossibilitar o acesso de visitantes na Trilha dos Escravos e na Ponte da Usina. Nestes locais estavam acontecendo invasões e aglomerações e, para este feriado adotamos esta medida para evitar transtornos.

• Use máscaras: Caso necessite sair, use máscara, assim fortalecemos a rede de segurança em nosso município e continuamos evitar a contaminação. Para os cidadãos e profissionais (exceto da saúde), recomendamos que utilizem as mascaras de tecido.

Acompanhe os Boletins Epidemiológicos e demais informativos oficiais:
Instagram: https://instagram.com/prefeiturasantanadoriacho
Site da Prefeitura: http://santanadoriacho.mg.gov.br/
Grupo/lista de Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/CvnyXQ5IracHSqCPKV2WTT